Curiosidades

Uma crítica as pseudo-celebridades

uma critica as pseudo celebridades

Por que os participantes de Largados e Pelados são tão acessíveis? Quando criei esse site, sabia bem o que fazer para trazer um material inédito e interessante para os fãs de sobrevivência e principalmente para os fãs de Largados e Pelados. Nesse artigo eu quero falar um pouquinho de experiências boas e ruins nesse percurso. Esse artigo é um elogio aos nossos amigos e ídolos sobreviventes do programa Largados e Pelados e uma crítica as pseudo-celebridades.largados e pelados bo stuart

Como foi o trabalho de criação?

Na realidade, como fã de Largados e Pelados, eu sempre procurava material relevante, curiosidades sobre o programa e eu nunca encontrava. Certa vez, em uma das minhas buscas no Google, escrevi “largados e pelados” e apareceu uma página com o título (Como participar de Largados e Pelados) -> (Link interno)

Não vou mandar o link pra página mencionada, pois seria anti-ético da minha parte, mas o sujeito escreveu mais ou menos APENAS isso:

“Como participar de Largados e Pelados?
Como muita gente me pergunta como fazer para participar resolvi escrever pra Discovery. Eles falaram que não têm nada previsto ainda, mas quando tiver avisam no site.”
FIM.

Esse é só um exemplo, junto com outros artigos ruins, sem nenhum material relevante, sem curiosidades legais, etc… Isso tudo me motivou a fazer muitas pesquisas e criar o conteúdo!

Situações que aconteceram nesse percurso

Na medida que eu criava conteúdo, sentia uma necessidade de tentar pegar informações com fontes confiáveis. E quem melhor que os próprios participantes para me passar isso?

Surpreendentemente, contrariando todas as minhas previsões, fui super bem atendido por boa parte deles. Os caras e as meninas foram atenciosos, responderam a todas as questões, cada um a sua maneira.

Sem dúvida alguns eram mais francos, falavam o que queriam sem medo de represálias da Discovery, já outros tinham certo receio e procuravam não se comprometer.

Mas, gentilmente, boa parte deles respondia as minhas perguntas seja de forma escrita ou por vídeo. Isso sem duvida me ajudou muito para criar conteúdo de qualidade para os fãs.

Uma grata surpresa que tive foi quando EJ Snyder, que já havia participado de TRÊS edições de Largados e Pelados, foi atencioso e respondeu todas as minhas questões. Ali naquele momento eu sabia que estava no caminho certo.

EJ Snyder

Eles se ofereceram para ceder entrevistas

Na medida que o site tinha mais conteúdo e principalmente mais entrevistas, os próprios participantes entravam em contato através do site e se ofereciam para responder a entrevistas.

Isso foi algo super legal, mostrou a humildade dos sobreviventes e como eles gostam de atender aos fãs.
Dentre eles, destaco a Manu Toigo, que me ajudou a criar diversos artigos baseados em seus relatos.

Menstruação Largados e Pelados Manu Toigo

Hoje o site largadosepelados.com possui credibilidade e respeito entre os fãs e os participantes. O resultado disso é o 1º lugar nos mecanismos de busca (ex: Google), à frente do próprio site da Discovery Brasil.

Imagino que isso jamais aconteceria sem a ajuda dos participantes!

Uma crítica as pseudo-celebridades

Durante esse tempo busquei parcerias, entrevistas, troca de experiências, com personalidades que são conhecidos por serem especialistas em técnicas de sobrevivência aqui do Brasil. Isso foi perda de tempo total:

Por uma questão de respeito e ética profissional não vou citar nomes, mas a grande maioria nem respondeu aos meus e-mails, mensagens, ligações, etc… Um sujeito, disse que me concederia a entrevista por texto por mil reais , por vídeo por 3 mil e pessoalmente 5 mil.

Caramba galera! Sou um fã de sobrevivência, quero partilhar boas informações com vocês, o site não gera lucro financeiro… O que custava fornecer uma entrevista gratuita em respeito aos fãs?

Eu só consegui realizar esse trabalho com entrevistas, pois a cultura nos EUA é totalmente diferente. O público não trata como deuses aqueles que aparecem na TV.

E os participantes não querem ser tratados assim… Querem um contato íntimo com os fãs, eles são humildes, pessoas simples e ligadas a natureza! Eles entendem que o respeito e carinho pelos fãs vale mais do que monetizar tudo.

Para refletir…

Aqui no Brasil é capaz de muitos de nós, ao vermos o sujeito que gravou um comercial pras havaianas, corrermos para pedir um autógrafo ou foto.

Se, por um milagre, alguma celebridade daqui nos responde, logo pensamos que é FAKE. E geralmente é..! Mesmo que seja apenas um Youtuber, uma simples resposta já nos deixa orgulhosos… 😐

idolatria

O jeito que somos tratados pelos nossos ídolos aqui do Brasil reflete um pouco também o tipo de fãs histéricos que nós somos…

Ocorre a super valorização da imagem e consequentemente dos salários de jogadores de futebol, atores e atrizes, pseudo cantores, e todos aqueles que tem algum destaque na mídia, me desculpe, mas isso é um absurdo!

Enquanto cidadãos precisamos começar a valorizar quem realmente merece. Deixar essas “personalidades da mídia”, ou pseudo-celebridades de lado.

Vamos valorizar de verdade, quem têm estudado muito pra encontrar a cura de doenças, pra quem estuda pra contribuir positivamente pra sociedade. Vamos valorizar o lixeiro que trabalha em condições insalubres e ganha mal. O bombeiro que salva vidas. Na minha opinião esses sim merecem os créditos…

Tenha consciência para agir com coerência!

Conclusão

Os participantes de Largados e Pelados merecem nossa admiração. Eles são humildes, respeitam e amam a natureza. Muitos deles gostam do contato com o público, mas precisamos fazer a nossa parte…

Temos de ser melhores fãs para ter melhores ídolos!

Temos de agir com naturalidade… Valorizar quem nos ama! Valorizar as coisas simples da vida…

Obs: Que tal se você encontrar com alguma “celebridade” em um local público e simplesmente fingir que não viu?

Algumas fotos e vídeos “personalizados” de participantes

Ao terminar de fazer as entrevistas eu pedi fotos “personalizadas” para os participantes, com o objetivo de transmitir credibilidade para o site e para a entrevista.

Entrevista com Steven

Steven Hall Jr

Alyssa Ballestero

Alyssa Ballestero

 

Largados e Pelados Jake

Jake Nodar

 

Entrevista com Aaron Phillips

Aaron Phillips

Paolo Di Girolamo

Paolo Di Girolamo

stacey largados e pelados

Stacey

 

You Might Also Like

2 Comentários

  • Reply Hugo 01/10/2017 at 1:11 am

    A cultura americana é e sempre será melhor do que a do Brasil em vários aspectos, com o pouco contato que eu já tive eles americanos são boas pessoas, atenciosas e humildes, são acessiveis.
    Já os brasileiros melhor é não comentar pois não é exemplo.

    • Reply Largados e Pelados Fan page 01/10/2017 at 1:27 pm

      Na verdade concordo com você mas é importante destacar que depois da criação desse artigo o Coronel Leite já concedeu uma entrevista em respeito e carinho aos fãs, e respeito ao meu trabalho aqui no site. Então retiro ele dessa minha crítica hahahaha

    Leave a Reply

    Close