Entrevistas

LeAnn Duncan largados e pelados

LeAnn Duncan naked and afraid

Hoje conheceremos a história de vida e de participação de LeAnn Duncan em largados e pelados. Ela é uma mulher forte, guerreira e uma pessoa muito gentil.

Achei que seria interessante fazer uma entrevista com uma participante que mora no Alasca. Devo confessar que sempre que vejo os programas da Discovery no Alasca, tenho a impressão que todos habitantes dessa remota região têm muita dificuldade de sobreviver.

Sempre pensei que essas pessoas não tinham acesso a um supermercado, modernidades do dia a dia, etc… Mas eu estava errado e foi legal conhecer um pouco da vida da LeAnn, uma nativa no Alasca.

LeAnn Duncan

LeAnn por favor apresente-se. Conte-nos um pouco sobre você.

Eu nasci e cresci no Alasca. Eu era muito jovem e já amava estar na natureza brincando de exército com os meus amigos. Estou sozinha desde os 16 anos. Sou veterana do exército. Tenho dois filhos.

Eu me formei na faculdade. Meu filho é um fuzileiro naval e minha filha está frequentando a faculdade. Eu possuo um pequeno negócio de contabilidade e ajudo a expandir nossos negócios no Alasca. Para mim uma lição de vida é: Sempre faça mais do que você acha que é capaz!

Vida no Alasca

Você mora no Alasca, uma região com temperaturas muito baixas e onde a sobrevivência não é fácil. Como é a sua vida no Alasca? Você sabe caçar, pescar? É difícil conseguir comida? Conte-nos um pouco sobre a sua vida por aí…

Eu amo viver na cidade e também passar um tempo em minha cabina no norte. Fui criada na cidade a maior parte da minha vida, mas sempre acampávamos e pescávamos enquanto crescíamos. Eu tenho caçado por alguns anos geralmente pássaros pequenos. Animais pequenos e peixes são abundantes.

Eu adoro pescar no verão e também pescar no gelo. É o meu favorito e você nunca passará fome. Sobrevivência depende de onde você está vivendo e a época do ano. Se você está no Bush (longe da cidade), é importante saber como fazer fogo como uma habilidade básica aqui com mudanças de temperatura.

Eu sou uma caçadora de arco certificada. Eu também estudo muito bushcraft e técnicas de sobrevivência. Isso e minha experiência militar são uma vantagem, não importa o clima.

Participação no desafio

Por que você quis participar de largados e pelados?

Eu disse não na primeira vez que fui convidada. Depois de alguns dias pensando nisso, decidi fazer o programa porque fiquei lisonjeada e meio que honrada por eles me selecionarem entre um milhão de outras pessoas. É uma aventura para toda a vida.

Você tem uma pele muito branca e está acostumada a baixas temperaturas. Você imaginou que sofreria tanto em um ambiente tão quente? Você teve queimaduras muito graves na pele …

Largados e pelados LeAnn Duncan

Eu não percebi a extensão da queimadura até depois que paramos. Nós estávamos caminhando para lugares distantes antes de nós acharmos nossa área para o abrigo. Eu já tive queimaduras solares e bolhas semelhantes, mas estas têm uma pequena infecção por estar suja e o grau de queimadura.

Tudo o que eu consegui fazer foi fazer a pele respira, limpá-la o quanto pude e mantê-la coberta do sol. Eu fiquei agradecida quando a pele se abriu. A maior parte da dor diminuiu depois disso! A melhor coisa que eu poderia fazer para minimizar a dor era respirar e xingar.

Dificuldades

Alguma coisa te assustou? Quais foram suas maiores dificuldades na Nicarágua?

A única coisa que realmente me assustou foi uma noite entre as tempestades, eu juro que vi olhos em uma árvore que estava cerca de 10 metros de distância do abrigo. Eu fiquei o mais imóvel possível. Eu não queria ser comida por nada!

A maior dificuldade na Nicarágua foi a umidade e alagamento. Tudo estava encharcado e eu não consegui bastante madeira seca para começar uma fogueira. Então não tinha como caçar.

Mas havia água dos poços, algumas bagas, cana de açúcar e um limão selvagem para mastigar para obter energia. Eu gostaria que as chuvas e relâmpagos parassem rapidamente, mas não houve trégua. Foi terrível.

Recebeu dinheiro

Você recebeu dinheiro para participar? Você poderia nos dizer o valor?

Recebi uma pequena quantia para ajudar a cobrir minhas despesas enquanto estava fora do meu negócio. O suficiente para cobrir as contas.

Alguma coisa em sua vida mudou após sua participação?

Definitivamente. Eu aprendi que não preciso fazer tudo em um dia! Eu preciso diminuir a velocidade. Nós permitimos que todos roubem nosso tempo, então estamos todos muito ocupados e perdemos de vista as coisas que amamos.

Aproveite o tempo para apreciar o que está bem na sua frente. A vida é a melhor aventura e está no seu próprio quintal.

LeAnn, você participaria novamente?

Sim, por favor, me leve de volta !!! Eu absolutamente faria isso de novo. Eu tenho negócios inacabados.LeAnn Duncan

Quer seguir a LeAnn no Facebook – clique aqui

You Might Also Like